O QUE É A GRIPE?

A gripe (influenza) é uma infecção viral respiratória aguda e altamente contagiosa, sendo mais grave do que um resfriado comum.1, 3

A gripe é causada, principalmente, por 4 cepas do vírus influenza.4

Em regiões de climas temperados, as epidemias de gripe podem ocorrer principalmente durante a temporada de inverno, enquanto nas regiões tropicais, a gripe pode ocorrer ao longo de todo o ano, causando surtos irregulares.2

Tosse Geralamente seca

QUAIS SÃO OS SINTOMAS DA GRIPE?

SINTOMAS INICIAIS: 3

Início súbito de febre alta e tosse são sinais que diferenciam a gripe de um resfriado comum.

Febre

OUTROS SINTOMAS PODEM INCLUIR: 1-3

Dor de Garganta
Dor de Cabeça
Dor Muscular e nas articulações
Coriza
Mal-estar intenso
Diarréia e vômito

OUTROS SINTOMAS PODEM INCLUIR: 1-2

  • Dor de Garganta
  • Dor de Cabeça
  • Dor Muscular e nas articulações
  • Coriza
  • Mal-estar intenso
  • Diarréia e vômito

COMO VOCÊ PODE
SER INFECTADO?

A gripe é muito contagiosa.1,2

É transmitida facilmente de pessoa para pessoa,

especialmente entre colegas de trabalho e contatos próximos.1, 2

Tosse

Tosse 2,5

Contato próximo com uma pessoa ou superfície contaminada.

Contato próximo com uma pessoa ou superfície contaminada.2,5,6

Espirro

Espirro. 2,5

COMO VOCÊ PODE SER INFECTADO?

A gripe é muito contagiosa.1 É transmitida facilmente de pessoa para pessoa, especialmente entre familiares e colegas de trabalho.1, 2

  • Tosse

    Tosse 2,5

  • Contato próximo com uma pessoa ou superfície contaminada.

    Contato próximo com uma pessoa ou superfície contaminada.2,5,6

  • Espirro

    Espirro. 2,5

QUAL O IMPACTO DA GRIPE ?

Estima-se que as epidemias de gripe afetam milhões de pessoas
no mundo anualmente, resultando em: 2
5-10% dos adultos são infectados a cada ano.2

Estima-se que 5-10% dos
adultos e 20-30% DAS
CRIANÇAS ANUALMENTE SÃO
INFECTADOS PELA GRIPE.2

Uma infecção típica resulta em 3-6 DIAS DE AFASTAMENTO do trabalho.7, 8

Uma infecção típica
resulta em 3-6 DIAS
DE AFASTAMENTO
do trabalho. 7, 8

Aumento de faltas no trabalho.9, 10 Queda de performance.9, 10 Aumento de custos relacionados à saúde.11

Crianças (< 5 anos, e principalmente
< 2 anos) e idosos (> 65 anos) estão
em maior risco de apresentarem
COMPLICAÇÕES DA DOENÇA. 2

O IMPACTO NOS GRUPOS DE ALTO RISCO PODE SER SÉRIO. 2

Pode levar a complicações médicas graves, como pneumonia e hospitalização.2

QUAL O IMPACTO DA GRIPE ?

  • 5-10% dos adultos são infectados a cada ano.2

    Estima-se que 5-10% dos
    adultos e 20-30% DAS
    CRIANÇAS ANUALMENTE SÃO
    INFECTADOS PELA GRIPE.2

  • Uma infecção típica resulta em 3-6 DIAS DE AFASTAMENTO do trabalho.7, 8

    Uma infecção típica
    resulta em 3-6 DIAS
    DE AFASTAMENTO
    do trabalho. 7, 8

  • Aumento de faltas no trabalho.9, 10 Queda de performance.9, 10 Aumento de custos relacionados à saúde.11

    Crianças (< 5 anos, e principalmente
    < 2 anos) e idosos (> 65 anos) estão
    em maior risco de apresentarem
    COMPLICAÇÕES DA DOENÇA. 2

Quem pode ser infectado?

A gripe pode afetar qualquer pessoa em qualquer idade. Estão em particular risco de complicações: 2, 9

Crianças < 5 anos, principalmente as
< 2 anos de idade
Grávidas
Idosos > de 65 anos de idade

Pessoas em qualquer faixa etária com doenças crônicas (por exemplo, doenças cardíacas, asma ou diabetes) ou sistema imune comprometido também fazem parte do grupo de risco. 2, 9

COMO VOCÊ PODE SE PREVENIR?

Lavar as mãos. 10

Bons hábitos de higiene, como cobrir a boca e o nariz quando for tossir ou espirrar. 11

Vacinação. 2

PRÓXIMO PASSO

CONVERSE COM SEU MÉDICO
A RESPEITO DA SUA PREVENÇÃO
E DA SUA FAMÍLIA CONTRA A GRIPE.

VEJA ABAIXO ONDE
SE VACINAR.

Referências Bibliográficas
X

Referências Bibliográficas

1. US CENTERS FOR DISEASE CONTROL AND PREVENTION. Flu Symptoms &
Severity Disponível em: http://www.cdc.gov/flu/about/disease/symptoms.htm. Acesso em: 12 jan. 2016.

2. WORLD HEALTH ORGANIZATION. Fact Sheet No 211 – Influenza (Seasonal).
Disponível em: http://www.who.int/ mediacentre/factsheets/fs211/en. Acesso em: 12 jan. 2016.

3. ECCLES, R. Understanding the symptoms of the common cold and influenza. Lancet Infect Dis, 5: 718–25, 2005.

4. AMBROSE, CS. The rationale for quadrivalent influenza vaccines. Hum Vaccin Immunother, 8: 81-8, 2012.

5. STILIANAKIS, TP. Inactivation of influenza A viruses in the environment and modes of transmission: a critical review. J Infect, 57: 361–73, 2008.

6. BEAN, B. et al. Survival of influenza viruses on environmental surfaces. J Infect Dis, 146: 47–51, 1982.

7. SZUCS, TD. The role of burden of illness research. Pharmacoeconomics, 16(1): 27-32.

8. KEECH, M. et al. The impact of influenza on working days lost: A review of the literature. Pharmacoeconomics, 26: 911–924, 2008.

9. US CENTERS FOR DISEASE CONTROL AND PREVENTION. People at high risk of developing flu–related complications. Disponível em: http://www.cdc.gov/flu/about/disease/high_risk.htm. Acesso em: 13 jan. 2016.

10. JEFFERSON, T. et al. Physical interventions to interrupt or reduce the spread of respiratory viruses. Cochrane Database Syst Rev, 2007.

11. US CENTERS FOR DISEASE CONTROL AND PREVENTION. Questions & Answers:
2009 H1N1 Flu (Swine Flu) and You. Disponível em: http://www.cdc.gov/h1n1flu/qa.htm. Acesso em: 14 jan. 2016.

© 2016 GlaxoSmithKline Brasil Ltda. Todos os direitos reservados.

O acesso e utilização deste website devem ser feitos de acordo com as condições da Politica de privacidade e Aviso legal e Termos de uso para o canal.

Procure seu médico. BR/FLU6/0002/16 JANEIRO/2016.


Procure seu médico.
BR/FLU6/0002/16
JANEIRO/2016.

Desenvolvido por

3AWorldWide